Pintura em tecido - cajus - passo a passo

Este risco eu tenho há muito tempo, mas não sei de onde foi tirado. É um risco simples, que eu gosto muito.Como não tenho as referências originais das cores, eu uso as que tenho em casa.

Obs.: Meses depois de ter feito esta postagem, achei a referência do risco, é da revista Pintura Porcelanizada, Ano 1, nº6,  Editora On Line. Pintei com cores, tintas e pincéis diferentes dos sugeridos na revista.

Tintas Acrilex. Para as frutas: marfim, amarelo ouro, caramelo, sépia, siena, branco. Para as sementes: marfim, sépia, verde pinheiro, branco.Folhas: verde oliva, siena, amarelo ouro, sépia, marfim.
Fundo: violeta cobalto, azul caribe e clareador.


Passar risco para o tecido e iniciar com uma mistura de marfim com amarelo ouro para a região mais clara.

Fazer as bordas com amarelo ouro, esfumando para dentro, mesclando com o tom claro até que fique um degradê, sem marcas divisórias definidas.

Com a cor caramelo, dar profundidade à região onde se encaixa a semente e sombrear delicadamente um dos lados da fruta. Eu escolhi o lado esquerdo e também escureci delicadamente a parte de baixo da fruta.

Com a cor sépia, acentuar a região onde se encaixa a semente.

Com branco na ponta do dedo mínimo, fazer uma marquinha para indicar o brilho. Usar a ponta dos dedos é ótimo para delimitar áreas de "bolinhas" (sol, lua, brilhos, bolinhas de sabão...).

Para que as bordas do brilho não fiquem com essa divisão tão marcada, parecendo uma lua, com um pincel limpo, esfumar as bordas do brilho.
 

O outro caju foi  feito da mesma maneira, mas alterei algumas cores. Marfim e amarelo ouro para a área mais iluminadas. Para sombrear a área atrás do caju que está em primeiro plano, usei siena. Para a região próxima à semente, sombrei com caramelo e siena.
Quando falo em não deixar marcas divisórias entre as cores é marcas como esta, do amarelo ouro. É preciso colocar a tinta e logo esfumar, para que não fiquem marcas. Como a tinta seca rápido, não é aconselhável contornar todo o risco e depois esfumar, porque a tinta pode secar. O ideal é fazer pequenos traços e esfumar em seguida.

Achei que o caju do primeiro plano ficou "apagadinho". Com a cor caramelo escureci um pouco mais a parte de baixo da fruta.

Comecei a pintar a sementes. Para o caju que está em primeiro plano usei: marfim com um pouquinho de verde pinheiro e sépia para sombrear. Branco para fazer o brilho. Para o caju em segundo plano, usei menos, praticamente nada de verde pinheir, usei mais marfim e sépia.

Fiz o brilho do caju que está em segundo plano e terminei as sementes.

Comecei a trabalhar com as folhas. Verde oliva e sépia para as áreas escuras. Siena (pouquinho), amarelo ouro e marfim para as áreas claras. Não há uma quantidade certa de tintas que eu misturo. Vou pegando tinta do prato, às vezes um pouco mais de verde, outras vezes menos. Normalmente eu faço o interior das folhas e as bordas mais escuras, depois preencho as áreas não pintadas com cores mais claras. Se pretendo fazer o fundo escuro, então, nesse caso, faço as bordas das folhas mais claras que o fundo.
 
  
  
  
  
  
  

Iniciei a pintura do fundo, com uma mistura de violeta cobalto, azul caribe e clareador.
 
 

Este é o resultado final.
 
.
Sexta-feira, 3 de junho de 2011
Hoje refiz este risco em outro pano de copa. É um dos meus riscos preferidos. Alterei algumas cores.
Useis pincéis da tigre, ref. 815. Tenho um vidro com pincéis que vão do número 2 ao 20. Normalmente uso o 14 para pintar, mas hoje usei o 16. Usei os números menores, 2, 4 e 6, para detalhes.
Tintas acrilex, nas cores:
Folhas: verde oliva, amarelo ouro, marfim, tom marrom avermelhado (obtido pela mistura de amarelo ouro com violeta cobalto), laranja (não precisava ter usado laranja, devia ter usado o caramelo, que usei nos cajus).
Ramos: violeta cobalto misturado ao amarelo e marfim para a luz.
Sementes: marfim, verde pinheiro, marrom avermelhado (violeta cobalto + amarelo ouro).
Cajus: marfim, amarelo ouro, caramelo, marrom avermelhado (violeta cobalto + amarelo ouro), branco para luz.
Fundo: clareador, azul caribe e violeta cobalto.

Comecei pelas folhas. Usei o pincel 16 para fazer as sombras e iluminei com marfim, usando o pincel número 6. O que é sempre vale a pena relembrar é não pincelar muitas vezes no mesmo lugar, para deixar as folhas com aparência estriada, diluir mais as cores escuras que o marfim, que é usado sobre as áreas claras das folhas.

 Depois fiz os ramos com violeta cobalto misturado ao amarelo ouro. Achei que ficou mais bonito que usar sépia. Coloquei o marrom avermelhado de um lado do pincel e do outro o marfim e fiz os galhinhos com pequenos toques no tecido, fazendo as marcas irregulares dos galhos, deixando sempre o marfim para o lado de cima, onde está a luz.

Fiz as sementes com marfim nas áreas claras e verde pinheiro sobre o marfim, fazendo área esverdeada. Usei o marrom avermelhado para as áreas de sombra.

Fiz os cajus, como explicado no passo a passo no início desta página, só usei outras cores. Gostei bastante de substituir o sépia mistura de violeta com amarelo. Misturando-se mais ou menos violeta ao amarelo consegue-se uma variação de marrom bem interessante, que deixa a pintura mais bonita.
Para o fundo, vale sempre lembrar: um tiquinho de tinta azul e um tiquinho de tinta violeta cobalto misturadas a uma quantidade maior de clareador com bastente água, uma mistura quase líquida, mas não misture as cores de maneira uniforme, quer dizer, deixe um tanto violeta e outro tanto azul e vá fazendo a mistura no pincel. Desta forma o fundo fica mesclado, em alguns lugares mais azul em outros mais violeta.  Fazer o fundo depois que a pintura estiver seca. Usei pincel sem lixar, número 14. Descarreguei a tinta nas áreas próximas aos cajus e pincelei para fora, com movimetos circulares.

Segunda-feira, 6 de junho de 2011.
O risco é o mesmo que o anterior. O que mudei:
Nas folhas substituí o verde oliva por verde pinheiro, misturado ao amarelo ouro e caramelo. Iluminei com marfim.
Fundo: fiz um fundo com clareador + azul caribe + violeta cobalto. Nas bordas usei rosa chá. Depois fiz as flores no centro das manchas do fundo com violeta cobalto, com um pincel número 6. Isso deixou o fundo mais escuro nas áreas próximas às folhas e frutos. Sobre as flores em violeta cobalto fiz com um pincel número 8 as flores em branco, carregando bem o pincel de tinta. Isso realçou as flores brancas. Nas bordas fiz algumas flores menores com o pincel sujo de rosa chá e branco ou branco e violeta cobalto. Para o miolinho dos miosótis usei amarelo ouro com sombra em caramelo.


 .

31 comentários:

  1. Nossa amei seu blog eu adoro pintura em tecido acho lindo demais esse tipo de trabalho, nem chego aos seus pes mas to tentando aprender, obrigada por compartilhar com a gente seus passo-a-passo.

    ResponderExcluir
  2. show de bola ameiii....sera q essa tecmica server para pinta pera.... por favor mim ajude pinto muita coisa ainda nao sei pinta pera neh abacaxi...bjs seu blog e lindo!!!

    ResponderExcluir
  3. Olá, del&artes, obrigada pela visita. Ontem postei um estudo de pera. Não é muito diferente de se pintar caju ou qualquer fruta com formato arredondado. O abacaxi não é difícil, não, só exige um pouco mais de observação.
    Se você não tem prática, o bom é começar com frutas arredondadas: limão, maçã, pêssego... leva a quitanda para casa, que depois da pintura uma salada de frutas com os modelos é tudo de bom... =D

    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Ótimo seu passo a passo do caju, obrigado pela ajuda que você tem me dado, pois estou começando agora, e gostaria que a pintura em tecido virasse minha profissão.
    Obrigada,tudo está lindo!!!!
    Bjusss

    ResponderExcluir
  5. Olá, Patrícia

    Espero que você alcance seu objetivo e que faça muito sucesso como profissional em pintura. Deus a abençoe e guie seu caminho.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Muito lindo!
    Ficou ótima a explicação passo a passo.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  7. Muito boa a explicação, parabéns.

    ResponderExcluir
  8. Parabens seu bloge é otimo estou adorando suas explicaçoes um grande beijo

    ResponderExcluir
  9. Adorei suas esplicações pintei eficou lindo
    obrigado bjus

    ResponderExcluir
  10. Oi todo iniciante,precisa de passo a passo e voçe não deixa passar nada.Vou pintar meus cajús.obrigada beijos.

    ResponderExcluir
  11. nossa que trabalho lindo e muito valioso pra gente ,obrigada pelo seu dispor em ajudar a gente ,gosto muito de pintar e seus trabalhos me ajuda muito sou uma seguidora ativa de voce,coloque sempre novidades beijos me chamo laura.

    ResponderExcluir
  12. Amei o site muito boom esta de parabeens ! ensina muito beem como piintar !

    ResponderExcluir
  13. me chamo Ana Maria....e estou muito grata por vc se dedicar a nos passar seus conhecimentos de pinturas em tecidos,OBRIGADA! vc me ajuda muito com seus passo-a-passo,eu amo artesanatos,pintura em tecido é minha paixão,e te devo muito porque foi atraves dos seus passo-a-passos,que eu dei inicio aos meus trabalhos,e olhe to indo bem viu,kkkkkkkkkk bjs querida continue nos ajudando com novidades.

    ResponderExcluir
  14. Linda a sua forma de pintar de usar as cores...fico maluca em ver seu dom. Estou tentando fazer o seu passo a passo kkk adoro tentar um dia lá chego Parabens!!! Adoro margaridas mas, sou uma lástima faça umas para a gente poder aprender...beijinhos Penha Portugal

    ResponderExcluir
  15. Olá, Penha

    Margaridas é uma boa sugestão para exercícios. Vou fazê-las, sim. Mas antes tenho outro exercício que desejo postar. Depois vou trabalhar com as margaridas, está bem? Obrigada pela sugestão. Beijo. que você tenha um lindo dia :D

    ResponderExcluir
  16. nossa amei as dicas e as explicações que vc passou parabéns pelo seu trabalho eu encontrei aqui o que precisava, que Deus continue te abençõando nesse dom maravilhoso.

    ResponderExcluir
  17. Adorei ,estou aprendendo a pintura em tecidos,
    suas dicas foram muito importante p/ mim...
    obrigado!!!

    ResponderExcluir
  18. Gente amei tudo...muito lindo mesmo...
    e tem umas dicas maravilhosas!!!!
    vc é um genio!!!!
    bjs!!!!

    ResponderExcluir
  19. Um belíssimo trabalho registrado passo a passo.

    Parabés!

    ResponderExcluir
  20. que lindo gostei muito amei

    ResponderExcluir
  21. muito bom seu pap,parabéns pelo lindo blog!

    ResponderExcluir
  22. Oi!!!
    Parabéns pelo seu blog, seus trabalhos são muito bonitos!
    Espero sua visita no meu: pontinhosperfeitos.blogspot.com
    até mais,

    Débora.

    ResponderExcluir
  23. Oi!
    Vc poderia me dar as numerações dos pincéis ?
    obrigada !!!

    ResponderExcluir
  24. muitooo lindooo seu trabalho''parabens...

    ResponderExcluir
  25. Olá, você que perguntou sobre os números dos pincéis.

    A resposta à sua pergunta está na postagem: "Usei pincéis da tigre, ref. 815. Tenho um vidro com pincéis que vão do número 2 ao 20. Normalmente uso o 14 para pintar, mas hoje usei o 16. Usei os números menores, 2, 4 e 6, para detalhes."

    Um abraço e sucesso em suas pinturas.

    Nanci

    ResponderExcluir
  26. Olá amei estas pinturas muito bem explicado,só você Nanci,ensinar passo á passo tão bem obrigada deus te abençoe.

    ResponderExcluir
  27. maravilhoso passo a passo, lindo,obrigado por compartilhar.eu me chamo kelita.sou de fortaleza,ce e também pinto tecido.fique com deus.

    ResponderExcluir
  28. adorei a expricaçao , estou iniciando pintura foi uma otima expricaçao , obrigada por tirar nossas duvidas meu

    ResponderExcluir