quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Dicas para pintura de bonecos



Esta é a imagem oficial  do mascote, da qual tirei o risco para fazer o bonequinho.

Tintas Acrilex, nas cores:
Verde musgo, amarelo limão, preto e branco (para o boné, áreas verdes da camisa e meias);
Branco, cinza lunar (camisa)
Amarelo pele, branco, caramelo (cor da pele), vermelho escarlate (bochechas);
Preto, azul marinho, branco e azul caribe (olhos);
Vinho, caramelo (interior da boca); vermelho escarlate, caramelo, branco (lábios)
Branco, cinza lunar e azul caribe (barba e cabelos)
Preto, azul marinho e branco (calção, bola e chuteiras);
Verde pistache,verde pinheiro, azul caribe, marfim (sombra do gramado);
Verde pistache, verde oliva, amarelo limão, branco (área iluminada do gramado).

Pincéis Tigre, ref. 415, nº 4, pincel de cerdas sintéticas (cabo azul), Tigre, ref.433, nº4, pincel redondo, nº 0.

Este boneco é o mascote do time de futebol Coritiba. Foi feito para um torcedor. Com um pano de prato como este, os churrasqueiros de plantão ficam em boa companhia enquanto assam o churrasquinho de domingo... :D

Selecionei algumas dicas desta pintura para esta postagem. Vamos lá:

O calção é preto mas, para as áreas mais claras, fiz um fundo com azul marinho e pintei com o preto ao redor, mesclando suavemente as duas cores.

Com o brilho, a parte mais iluminada do calção fica com um tom azulado.

O mesmo para as botas.  Também faço assim, quando pinto botas e cinto do Papai Noel.



Comecei a pintar o rostinho com uma mistura de amarelo pele com branco, deixando mais claras as regiões com maior incidência de luz.

Fiz a sombra com caramelo e um tiquinho de vermelho escarlate para as bochechas e nariz.

Para a parte interna da boca, usei vinho misturado a um pouquinho de caramelo. Para o lábio, usei vermelho escarlate puro na região sob o brilho. Ao vermelho escarlate misturei um pouquinho de caramelo para o restante do lábio, escurecendo ainda mais com caramelo nos cantos da boca. Fiz um contorno sob o lábio com a mesma mistura usada para o interior da boca. Não fiz contorno na parte superior do lábio. Vale lembrar que, quanto mais contraste entre as cores usadas para o lábio e o contorno (isto é, quanto mais escuro o contorno), mais saliente (carnudo) será o lábio. Para o mascote, misturei caramelo ao vermelho escarlate, porque queria um tom um pouco mais escuro; para lábios de Papai Noel, o vermelho vivo na região do brilho e vermelho escarlate para o restante do lábio dão um aspecto mais claro, vivo e brilhante.

Assim como no calção e nas chuteiras, fiz uma mancha com azul marinho na região do olho onde será colocado brilho. O restante foi preenchido com preto.

Preenchi a parte branca dos olhos e fiz um contorno leve com azul caribe. Esfumei para dentro, para dar volume aos olhos. Na imagem, aparece o contorno em azul, antes do esfumado.


Depois de esfumado, o azul quase não aparece na foto, mas no pano se percebe esta leve sombra. Ao redor dos olhos fiz o contorno com o caramelo, cuidando para deixar região inferior do olho sem contorno. Isso evita que o olho fique com a aparência de que foi recortado e colado sobre o rostinho.

Preenchi  a barba com o branco. Aqui vale uma observação: Com os pincéis de pelo de porco, pode-se preencher com facilidade a área a ser pintada, mas, para os detalhes, esses pincéis são inadequados. Melhor usar  pincéis redondos ou pincéis de cerdas sintéticas.

Com o pincel redondo, fiz um contorno para a barba com cinza lunar misturado ao azul caribe.

Retoquei as pontas da barba com o pincel  04 (de cabo amarelo), apertando a tinta branca sobre o contorno, para dar um aspecto mais suave, menos marcado pelo contorno.

Mais um pouquinho de sombra com cinza lunar misturado ao azul caribe em baixo do nariz e contornado os bigodes, e mais branco sobre essas regiões para suavizar. Observe que não usei sombra cinza  acima da área interna da boca. Essa região já é escura e serve como sombra. Nessa área,  usei só o branco.
 

Para o cabelo, usei sombra  nas pontas, para insinuar o topete. O restante foi preenchido com branco.


Com a mistura de cinza e azul, fiz a sombra somente na parte inferior e no lado interno das sobrancelhas. Preenchi com branco, suavizando a sombra. Terminado o rostinho, passei para o gramado.
Toda a área sob o mascote deveria ser sombra, mas eu quis testar cores para sombra e áreas iluminadas, então, fiz um fundo para a parte interna, entre os pés, com verde pistache misturado a azul caribe. Para a área mais clara, usei verde pistache misturado a amarelo limão.

Depois fiz para a área sombreada algumas luzes com azul caribe e marfim. Fiz a grama com verde pinheiro e, com o sépia misturado ao verde pinheiro, escureci junto ao pé e à bola. Para as áreas claras, usei marfim e verde oliva para a grama. Gostei do resultado e pretendo testar essa cores em áreas maiores, pintando áreas com folhas que estão na sombra ao lado de áreas ensolaradas.
Então é isso, hoje fico por aqui.  :)

 Sexta-feira, 10 de setembro de 2010. Mais uma dica: Ao fazer sombras, como as da camisa,  eu não coloco a tinta no pincel e vou direto ao tecido, porque deste modo, por pouca tinta que eu pegue, a sombra fica forte demais em contraste com o branco. Eu costumo colocar a tinta no pincel, limpar num pano e, só com a sujeirinha que ficou no pincel, faço as sombras. Costumo fazer a mesma coisa para pintar flores brancas ou muito clarinhas. Faço o fundo claro e só com a sujeira da tinta faço o colorido da flor.

Para ver mais fotos desta postagem no Youtube, clique aqui: Mascote no Youtube.

Este é o mascote do Paraná Clube. O mascote do Coritiba está "saudando a torcida". O do Paraná está "entrando em campo para ganhar". Reforcei a expressão e alterei os olhos. Há algo importante sobre os riscos e como trabalhar com eles. Os riscos são como um trilho de trem. Até certo ponto, podemos pegar um desvio e chegar o destino que desejamos. No entanto, se o trilho for defeituoso, o trem vai descarrilhar. Não há tinta que corrija, por exemplo, defeitos de proporção ou perspectiva. Por isso é importante checar se o risco não apresenta defeitos, antes de pintar.

Cores usadas: Azul marinho, preto, azul turquesa e azul cerúleo (áreas azuis e pretas); branco e cinza lunar (áreas brancas); vermelho escarlate, vermelho vivo, caramelo e cerâmica (áreas vermelhas); verde oliva, verde pinheiro, verde pistache, cinza lunar e branco (gramado).



Imagem do mascote oficial

Por enquanto, chega de mascotes. E agora? Papai Noel ou flores?

Segunda-feira, 13 de setembro de 2010.
Nem flores, nem Papai Noel... Fralda!

Para tirar riscos em tecidos finos, até uma janela serve como mesa de luz. Fixe o risco na janela, com fita adesiva. Fixe o tecido sobre o risco e  a  luz que passa pela janela funciona como lâmpada.  Mas eu precisava ficar conferindo o risco a todo momento, então fiz uma mesa de luz improvisada para pintar esta fraldinha. Fiz assim: fixei o risco de um lado de um vidro (desses de porta retrato) com fita crepe. No outro lado passei cola permanente. Estendi a fraldinha normalmente, como na tábua, cuidando para colar bem as tramas da fralda. Tirei o suporte de abertura de um cavalete de mesa (usado para pintura em tela) e abri o cavalete ao máximo, coloquei uma lâmpada fria atrás do vidro e, ao acendê-la, o risco apareceu no tecido. O papel do risco deve ser o mais transparente possível. Usei papel manteiga. Ficou bom.
Vantagens e desvantagens da mesa de luz. Fica mais fácil visualizar o risco e isso é bom, mas exige atenção, porque é preciso estar atenta ao ângulo de visão. Conforme se movimenta a cabeça, o risco muda um pouquinho de lugar. Não dá para deixar a lâmpada o tempo todo acesa, porque a visualização das cores fica prejudicada. Usar bem pouca cola permanente, porque o vidro não a segura tão bem quanto a tábua e um pouquinho de cola ficou no avesso da fraldinha. Tirei com fita crepe. Colando e puxando a fita diversas vezes sobre a cola, ela saiu. (Fiz uma postagem com fotos, explicando melhor, procure no marcador  "Como copiar riscos sem usar papel carbono).

Trabalhar com tecido de fralda é um grande desafio para mim. Talvez, se fizesse o contorno do risco, ficasse mais fácil...(!???).  Mas eu não gosto muito de contornos, então... Bom, talvez eu faça um teste, pintando uma fraldinha com contornos, para ver como fica.

Material: Pincéis de cerdas sintéticas (cabo azul) nº 4 e 6; pincel redondo nº 0, para os detalhes. Tintas Acrilex, nas cores:  branco, rosa escuro, púrpura (chapéu e vestido, vinho para sombra dentro do chapéu); branco, lilás e violeta cobalto (avental); azul caribe, cinza lunar, violeta cobalto e branco (babado na barra do vestido); amarelo pele, branco e caramelo (pele); detalhes do rosto com vermelho vivo (boca e bochecha); cerâmica e sépia (olhos); branco, caramelo, amarelo ouro, sépia (cabelos); amarelo ouro, vermelho vivo, verde oliva, verde pistache, amarelo limão, branco (flores do chapéu); branco, azul marinho, azul caribe, violeta cobalto, azul turquesa, um pouquinho de amarelo ouro (regador). No regador, testei uma porção de azuis, até chegar ao azul marinho e conseguir os tons mais escuros. Amarelo ouro, vermelho vivo, branco e cerâmica (flores no gramado); verde oliva e branco para o gramado e sombra em verde oliva com um tiquinho de sépia. Achei que deixar uma linha mais escura no fundo do gramado ficou bom, melhor que uma linha clara. Ao redor da bonequinha usei amarelo ouro diluído em clareador.
Estou contente. Foi um bom exercício e vai ser presente para a netinha de uma amiga.   :)




E com o biquinho de crochê. (linha Clea 1000, cor 9490)


.

13 comentários:

  1. Oi , Nanci!
    Adorei sua visitinha!!!!
    Amiga , q legal o pap do boneco, muito bem explicado , a sua pintura é muito realista , eu te admiro , viu?
    Outra coisa bacana é q dá pra usar essas dicas e fazer um lindo Noel, já já , as arteiras , só vão pensar em Natal...rs
    Parabéns pelos seus gestos de carinho e por seu talento!
    Beijos, querida!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Cláudia

    Eu adorei suas rosas e também aquele PAP de pêssego que você postou há um tempinho.

    Você é muito gentil e querida. :)

    Pois olha que você acertou em cheio. Eu postei este bonequinho preparando o terreno para postar um Papai Noel. Eu adoro Papai Noel, com aquela carinha fofa e nariz de batatinha...rsrs...

    Tem tanta coisa que eu quero postar... Muitas flores, principalmente amor perfeito, que eu acho lindo... Mas uma coisa de cada vez, né? :)

    Beijo, minha amiga :D

    ResponderExcluir
  3. Oi amiga gostei realmente a dica da pra fazer o pai natal(aqui em Portugal chama-se assim e acostuma)Papi noel ,mas eu adorava fazer um mascote do meu grande Benfica,obrigado vou aguardar os amores perfeitos,fiz um pano com o barrado de amor perfeito,mas ainda não tive coragem para pintar...rsrsrs...xau amiga

    ResponderExcluir
  4. Oi, Monica

    Estou preparando um risco para pintar o Papi Noel. :)
    Eu vi na internet que o símbolo do Benfica de Portugal é uma águia, uma águia chamada Vitória.
    Na minha família tem torcedores de diversos times. O mascote do Coritiba é o da postagem, o do Paraná Clube é uma gralha azul e o Atlético Paranaense tem dois mascotes, o Cartolinha e o Furacão. Eu não tenho time preferido, não entendo de futebol, mas gosto dos mascotes. :D
    Depois de pintar o Papai Noel, eu vou pintar flores. Pretendo começar com o amor perfeito, porque há muitos em canteiros perto de onde moro, então fica fácil ter modelos verdadeiros como referência.
    Beijos, Mônica. Um ótimo final de semana para você. :)

    ResponderExcluir
  5. Olá.
    Vim agradecer a visita e carinhoso comentário.
    Adorei a dica do tom azul nas botas e calções que depois misturou com azul achei que resulta mais ,na próxima vou exprimentar.
    Beijos e votos de um domingo abençoado.

    ResponderExcluir
  6. Olá Nanci!
    Obrigada pela visitinha,gosto muito de visitar o teu blog que é 10.Adoro as dicas!Volte sempre!
    abraços

    ResponderExcluir
  7. Olá, Isabel
    Oi, Graça

    Vocês é que são uns amores.

    Eu sei que já falei no seu blog, Graça, mas vou falar de novo: Que coisinha linda aquele seu mouse espalhando estrelinhas. Eu não posso ter um mouse assim no meu blog, senão fico brincando de Emília, espalhando pó de pirlimpimpim e não trabalho...rsrsrs...

    Beijos, meninas :)

    ResponderExcluir
  8. Olá Nanci,
    MARAVILHOSAS suas pinturas ...
    Obrigada pelo seu carinho ...
    Beijinhos e fique com Deus.
    Paula Cabral

    ResponderExcluir
  9. Oi, Paula

    Como sempre, você é super atenciosa. Beijos :)

    Nanci

    ResponderExcluir
  10. Estou tão encantada com os teus trabalhos que vou acabar largando o grafite e voltando para pintura em tecido!!hehe. Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi, Sandra

    Voltando às origens, hein, amiga? rsr... Eu gosto de grafite, mas não consegui ficar longe das cores. O pessoal da grafite que desculpe, mas tomara que você volte pintar tecidos...rsrs... :D

    Beijoca

    ResponderExcluir
  12. Oi...gostei das dicas que vc dá nesses paps, vc pinta mto bem, estou te seguindo, se tiver um tempinho visite meu blog, um bjão!

    ResponderExcluir
  13. Oi, Solange

    Já visitei seu blog. Bem legal, mesmo. Você é muito criativa e talentosa. :D

    ResponderExcluir